٢٤‏/١١‏/٢٠٠٤

pra matar a saudade

e ir à galeria, se empanturrar de sons esquisitos... e ir à galeria de pães pra comer tudo o que aguentar em poucas horas ao som de pratos batendo e amigos conversando... e almoçar com os pais, e abraça-los muito... e sair pra dançar, e beber, e sorrir, muito... e comer pastel na feira... e se matar de rir num jantar pra matar saudade do melhor amigo... e acordar muito cedo na paulista num domingo pra ir à fnac... e passar 28 horas de sofrimento pra tudo isso... e ficar ansiosa... SEXTA, chega logo?