٢٦‏/١‏/٢٠٠٦

tah namorando! tah namorando! tah namorando!

não... o título acima faz uma brincadeirinha com um sonho (que na verdade, nem tenho mais) a realizar-se em 2006.
Eu conheci um cara legal e estamos "saindo". ele não quer que eu encane, e eu não encano... mesmo... ele não quer ninguém para compromissos... e eu não cobro nada...
Tenho tanta coisa pra pensar, em relação às roupitchas, às minhas coisas, que estou só mesmo curtindo essa fase, sem dramas...
a vida é gozada quando a gente cresce né?

amigos vêm... amigos vão...

bah, to cansada de tentar ainda a amizade do Ricardo... ontem fiz umas contas malucas e, calculando que de 52 finais de semana, pelo menos 35 eu passei em sp ano passado, e desses, uns 30 (TRINTA!!!) eu tentei algum contato com ele, sei lá, via fone, email, sms, mensagem de fumaça, pombo correio, e ele NUNCA, nem uma vezinha respondeu... já tava meio que na hora de perceber que aquilo que ele disse no autobahn de "sermos amigos" e "continuar nos falando" era pura ladainha de quem não consegue chegar na cara da gente e ser sincero ao ponto de dizer, olha, não dá... não quero mais nem tua amizade, pra mim chega. você me traz más recordações, eu não gosto de você, sei lá, mas não... como ele sempre deixou a porta só encostada eu vivia batendo, esbarrando, esmurrando. cansei. Não me acho de todo o mal. Costumo ser uma boa amiga, fiel aos meus amigos, honesta, e também não me acho uma mala que não dê pra carregar (exceto quando exagero na gim-tônica, rs), bah! desisto. de agora em diante só vou dar atenção a quem cultiva o mínimo de carinho para comigo :)